E Maio de 68 pariu Sarko,

que sem ser o Berlusconi nem por isso deixou de expulsar o pobrezito do Landry e manter em aberto a discussão: todos queremos acolher os amigos imigrantes mas, entre os defensores, alguem quer mesmo ir morar para o meio deles? ( Louçã na Cova da Moura? Pois ). Ou instalar os desgraçados nos condóminos privados chic caviar? Assim como assim, a vitória dele foi a da herança desse Maio que já chateia com tanto nostalgismo saudosista, o que talvez explicará porque tristes motivos os nossos revolucionários perderam a percepção do que vai pensando o povinho. Aliás, até o humor o perderam. A pose e os tiques moralistas conhecem-se mas, bem pior, é o dito Sarko ocupar tempo a processar o sentido de humor de quem trabalha a produzir t-shirts. Coisas que conhecemos bem já que o engenheiro, em questões de humor, não perde para o francês. Tudo isto a fazer lembrar aqueles outros defensores da Escola Pública que simplesmente põem os filhos no Privado e, depois, como a Ana Drago, vêm com a arenga do costume e não percebem que na Pública a democracia nunca se tornará substância simplesmente porque ninguém afronta o corporativismo e a incompetência docentes, muito menos eles, reféns dos votos que os seguram aos assentos no Parlamento. Sem este, o que seria destes sociais-democratas reformistas? Se calhar acabavam como o Benfica que, depois do equipamento Pinky, arranjou Flores para treinador. Ao certo, ao certo, é tudo uma questão de andamento. E muita fumaça, como convem. A Casa Pia, arrasta-se. Ainda, é verdade. Do Pidá já ninguém fala. E, agora, publica-se o que se percebeu logo: a Alexandra Neno mais o outro foram mortes encomendadas. Por mim, chamem a Morgadinha e a puta do alterne que a coisa vai. Em caso de dificuldade põe-se o Presidente da Câmara de Santarém a tempo inteiro na SIC ou pede-se ao fabuloso sargento gomes para nos dar umas dicas sobre a Justiça, ou a falta dela, em Portugal. Confuso deve ter ficado o outro que vai pagar por adultério virtual, danos morais e psicológicos. Que se cuidem os pornógrafos e punheteiros que por aí andam porque, às vezes, o PC ou o telemóvel, que guarda provas, é pertença de um dos conjugues ou dos bens da família e, logo, não há invasão da privacidade. Lapidar. Vai ser um fartote. Hoje é domingo e importante mesmo é saber ter a Rússia ganho o Festival da Eurovisão. Fiquem bem Kamaradas. Vai chover, certamente. Governar isto, deverá até ser fácil. Segundo sondagens, 69% dos portugueses acredita ir ganhar o Europeu do pontapé na bola. Está tudo dito. Eu prefiro o euromilhões para a semana, já agora. Sorte, a do engenheiro. É como limpar o cu a bébés. Venha lá um fadinho em versão Roberto Leal. ( Para os freaks que todos conhecemos: este blogue começou a 17. Pela 2ª vez esta semana está no top de blogues com maior crescimento e repete uma entrada mais popular. Sem peidos artísticos, gajas nuas ou poemas, se o são, pretensamente erótico-pindéricos. Aguentem a urticária, catem-se mas, por favor, não incomodem. Quem me conhece sabe que me estou a borrifar. Para os tops e para a urticária. Quase comovente é constatar como, parece, certo jornalismo se surpreende com a realidade ).

Anúncios

1 Comentário

  1. Dá-lhe amigo, nunca desistas. >Sempre no teu melhor. Aguenta-te e vai fundo. Abraço


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

  • Blog Stats

    • 61,866 hits