Como os Disorder a cantarem Joleen da Dolly Parton. O debate sobre a Nação.

Juro que ouvi tudo do princípio ao fim. Tudinho. Do mau ao péssimo. Excepções: Paulo Portas a ter razão logo nos telejornais da noite, com o aviso das petrolíferas. Louçã a encostar o engenheiro às cordas e a pôr o nome aos bois. Assustador. Subtil, de quem sabe a vingança servir-se fria, Luís Filipe Meneses. Como escreve hoje VPValente o que espanta mesmo é a tranquilidade do País. O último que feche a porta, se faz favor. ( Afinal, sou mesmo de Direita atendendo ao facto de reiteradamente o Sócrates ontem ter reclamado o seu estatuto de homem de esquerda. E socialista. Ora bem ).

1 Comentário

  1. Realmente a Passividade impressiona. País de zombies.


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

  • Blog Stats

    • 61,814 hits