Este gaijo ladra grosso, tem dono aparentemente desconhecido mas por uma vez entusiasmou o blogue.

De expectantes e solidários com a Maddie, passamos a estar curiosos na novela.

http://www.correiomanha.pt/noticia.aspx?channelid=00000093-0000-0000-0000-000000000093&contentid=2DAB5D83-1ABC-4A4F-ADDE-7252ACAFFF11

http://news.bbc.co.uk/1/hi/uk/7010286.stm

http://paramimtantofaz.blogspot.com/2008/04/os-crimes-ingleses-de-clarence-mitchell.htm.Ler em  baixo este post retirado ou a página não acessível do blogue referido:

20080415

Os crimes ingleses de Clarence Mitchell

Carlos Anjos, presidente da Associação Sindical dos Funcionários de Investigação Criminal (ASFIC), diz que o porta-voz dos McCann, Clarence Mitchell, ex-jornalista da BBC, “é mentiroso e maquiavélico”.

” Caso Carlos Anjos não saiba – assim como provavelmente muitos outros portugueses -, não estamos perante um qualquer “novato” em relação a casos criminais com grande impacto público. Clarence Mitchell não pode ser visto como um simples funcionário do governo britânico, agora ao serviço de um milionário generoso que apoia a família McCann a título gracioso e desinteressado.
Nada disso. De acordo com este perfil constata-se que estamos perante alguém que sempre esteve habituado a cobrir grandes casos.
Um deles foram os crimes de Fred West, conhecidos em Inglaterra como o caso da “Casa dos Horrores”, quando o casal Fred e Rosemary West torturou, violou e assassinou 12 raparigas que depois foram enterradas na cave da casa dos West em Gloucester…
Outro caso que Clarence Mitchell seguiu de perto foi o desaparecimento de Danielle Jones, que terminou com a condenação do tio da menina apesar de nunca ter sido encontrado o corpo da vítima
Este jornalista também andou no trilho do desaparecimento de Amanda Dowler. Este caso, ao contrário do anterior, nunca teve um culpado, apesar do corpo ter aparecido
Sem esquecer ainda o caso de Holly Wells e Jessica Chapman, onde o culpado acabou por ser o funcionário da escola onde elas estudavam
Outro crime que Clarence Mitchell cobriu foi a morte da jornalista Jill Dando, um caso estranho onde o indivíduo que acabou por ser condenado, Barry George, nunca admitiu a culpa

Etiquetas: ,

2 comentários

  1. I say, what an interesting story….

    Abraços e bom domingo.

    Alien8

  2. […] E agora Clarence? […]


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

  • Blog Stats

    • 61,816 hits