Analfabetismo funcional ou cosmopolitismo atávico,

digno do País do engenheiro, é infelizmente ter de ler este post que merece atenção: o que separa o Portugal de ontem, o da Linha do Tua, é o Portugal europeu, moderno, o do TGV. O que pode significar a morte anunciada do que na dita Europa mais se defende. O Património e a Memória históricas. Curiosamente nesta linha, com contornos recentes pouco recomendáveis, são precisamente os turistas quem mais a procura. Tristes destes eternos estrangeirados, basbaques deslumbrados com assento em Lisboa, que não sabem não haver amanhã sem ontem e pouco sabem de Identidade. Entreguem antes os parafusos ao Lino, sffavor.

Anúncios

Deixe um comentário

Ainda sem comentários.

Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

  • Blog Stats

    • 61,866 hits